Receita: Bala de Jabuticaba


Fonte: Sugestão de Rosilene Campolina – Chef a chef 0
1st Image

Rendimento: 50 unidades

Ingredientes

7 envelopes de gelatina em pó sem sabor (84 gramas)

1 xícara (chá/240 ml) de água fria para hidratar a gelatina

2 xícaras (240 ml) de suco de jabuticaba para hidratar a gelatina

9 xícaras de açúcar (1140 gramas)

1 xícara (160 gramas) de polpa de jabuticaba processada

30 gramas de farinha de jabuticaba

50 ml de licor de jabuticaba

Corantes vermelho/roxo (opcional) se quiser intensificar a cor

2 xícaras de açúcar granulado para cristalizar

Modo de preparo

1- Hidrate a gelatina com a água e o suco de jabuticaba. Leve-a ao fogo para dissolver, sem deixar ferver;

2- Acrescente o açúcar, mexendo bem até levantar fervura;

3- Adicione a polpa de jabuticaba, o licor e a farinha;

4- Retire do fogo e, se desejar, adicione o corante (se quiser intensificar a cor). Misture bem;

5- Coloque num tabuleiro ligeiramente untado com óleo e água e deixe descansar por 12 horas, sem levar à geladeira;

6- Desenforme a placa de doce e coloque num recipiente com açúcar granulado;

7- Corte em quadrados pequenos (2 cm x 2 cm) , com o auxílio de uma faca/tesoura ou com cortadores de formas diferentes (estrelinha, flor, coração).

Dica: se desejar uma bala mais durinha/firme, coloque em peneira de taquara e deixar secar por 2 dias!


Sobre Rosilene Campolina

Fundadora e administradora do Portal Gastronômico www.chefachef.com.br, Rosilene Campolina é mestre em Educação, Gestão Social  e Desenvolvimento Local e docente no Centro Universitário UNA. É especialista em Gestão da Qualidade em Gastronomia e graduada como Tecnóloga em Gastronomia. É bacharel em Comunicação Social – Jornalismo, Relações Públicas e Publicidade.

Possui experiência em cozinhas nacionais e internacionais, com passagens pelas escolas francesas Allain Ducasse, Ritz Escoffier e Lenôtre. É guadiã do ODS 7 – Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU e curadora do Festival Gastronômico de Sabará. Membro da FGM – Frente da Gastronomia Mineira,  CNP – Conselho Norueguês da Pesca e FIC - Federazione Italiana Cuochi, AREGALA – Asociación de Restauradores Gastronômicos de Las Américas .

É vencedora do concurso "Melhores Receitas" no Programa Menu Confiança/GNT e campeã sul-americana do concurso Les Chefs Sofitel. É colunista da Revista Minas Gourmet, Luciana Avelino, Jornais MG Turismo, Correio de Araxá e do COPM.  Em 2010 e 2011 recebeu os prêmios "Troféu Mulher Mineira" e "Mulher Influente" na Gastronomia pelo seu trabalho networking no Portal Chef a Chef, onde difunde e compartilha com o universo culinário uma gastronomia sem fronteiras!   

Faça o Login para comentar . Você também pode